terça-feira, 12 de dezembro de 2017

As famílias socialistas


Felizmente, as famílias socialistas são muito numerosas. Quem haveria de governar-nos, se não fossem estas e estes competentes esposas e maridos, filhas e genros, primos e namoradas? À volta deles, o deserto!


(Não sei quem são os autores destas chalaças, mas agradeço-lhes a colaboração involuntária).

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Políticas irresponsáveis

O Centeno vai para o Eurogrupo e eu acho que vai ser tão bom como foram o Junker e o DJ Blossom, seus antecessores. Dispensar-me-ia de mais comentários, não fosse este raciocínio retorcido de Rui Tavares, que passou os últimos anos a acusar o Eurogrupo de promover políticas económicas irresponsáveis. Podia concluir que Centeno foi escolhido, precisamente, porque garante a necessária continuidade...


Crónica de Rui Tavares no Público (6.12.2017)

domingo, 3 de dezembro de 2017

Descentralização

O governo anunciou o seu "agora é que vai ser!" para a gestão da floresta portuguesa: a criação de uma empresa pública. Também anunciou a sua vontade descentralizadora, tendo até o ministro Capoulas dito que era a favor de mudar os serviços do ministério da agricultura para o interior. Pois, como nos conta o Expresso, aí está o processo de descentralização em curso: mais uns milhões e uns "altos quadros" para Lisboa. Daqui a dois ou três anos, quando quiserem mudar isto para Castelo Branco, os "altos quadros" irão recusar e as luminárias nacionais irão exigir estudos que mostrem as vantagens da mudança.